O que saber antes de soltar seu cão num espaço pet

 Cuidados necessários no espaço pet

Um dos erros mais frequentes que os tutores cometem é o de levar seus pets para ambientes fechados e públicos sem prepará-los minimamente para uma gama de estímulos. Um desses lugares é, surpreendentemente, o espaço pet.

Mas como um lugar que é feito para isso, soltar os cães para se divertirem e interagirem com outras raças e portes, pode não ser o ideal para o bichinho? Pois é, é possível que o seu cão não tenha o perfil para ambientes coletivos especiais para ele. Para entender melhor quais os cuidados necessários para frequentar o espaço pet, separamos essas dicas para ajudar. Anota aí.

fbQqTe4rwrj3khj FiKrf002Au9W4s834patZxpevo eeKtTToO181m5URdsNniUoWeLcg aNoEUnCCdiikxxwIrFAtGlydSyLukF aD5XPpaK vvi4UYVUTGmKMW9ZyHB1PcGJIyIYjAFFtaNg2YEk

De acordo com a Pet Foundation, nos espaços pets deve-se ter muito cuidado, pois:

  • Briga entre cães é muito possível;
  • Espaço pet com tamanhos de animais misturados pode ser muito perigoso;
  • Espaço pet muito cheio sempre dá confusão;
  • Animais com características mais fortes (sabe aquelas mandíbulas enormes?), mesmo o tutor dizendo que é “manso”, de preferência, não permita que seu pet de pequeno porte se aproxime;
  • Cães reativos não devem ser levados ao espaço pet;
  • Monitore o tempo inteiro, pois ataques são rápidos e pegam a gente de surpresa;
  • Animais com tendência a problemas de coluna, tendem a sentir os sintomas após um dia de muito esforço físico. Evite obstáculo de pular, subir e descer.

Anota aí:

Ao chegar no local, permita que os animais se cheirem, se apresentem e se conheçam, se você perceber qualquer sinal de confronto, dê meia volta.

Se o seu cão for sociável em casa, mas não é quando passeia, não leve ao espaço pet! Nesse caso é preferível que o pet seja solto em um espaço vazio, apenas ele e você para brincar e gastar energia. Procure ajuda de um adestrador para trabalhar essa postura.

A melhor maneira de lidar e até mesmo evitar que qualquer ataque, briga, ou o pior aconteça, é selecionar muito bem o espaço pet, de preferência, lugares onde prevaleçam cães da estatura e porte do seu, assim, caso aconteça alguma briga, os cães são equivalentes e a chance de saírem vivos é maior.

Para frequentar esses espaços, os cães precisam estar com as vacinas e cuidados em dia, com o antipulgas e anti parasitas, afinal, com a exposição de outros cães e até dejetos de outros cães, alguma doença pode ser transmitida.

Leve-o sempre em espaços pet que entregam sombra e leve sempre a água do seu pet para garantir uma hidratação eficiente. Brinquedos também são bem vindos, como frisbee, bolinhas, cordas, etc. Objetos que estimulem a atividade física e até a brincadeira entre eles.

Importante: Treine seu cão a ser sociável desde filhote, e se ele já entrou para a família adulto, ou por algum trauma, perdeu a capacidade de socializar com outras pessoas e cães, não o leve para o espaço pet! Procure ajuda de um adestrador eficiente para que ele resgate ou desenvolva essa característica.

Com essas dicas, seu pet poderá correr, brincar e curtir de montão sem sustos e à vontade!

Com a PetDriver você vai mais longe ao lado de quem você ama e entrega conforto, comodidade e segurança nos passeios. Conte com uma frota especializada para ir e vir com quem entende de transporte pet.

Baixe já o Super App e tenha na palma da mão tecnologia inovadora à favor da sua rotina com o seu peludo.

PetDriver – Viva junto de quem você ama. S2

Faça a primeira avaliação!
Aguarde...

Veja mais postagens relacionadas

Promocional

O refúgio dos peludos no Ipiranga

 Parceiro Refúgio dos Pets: Energia de sobra para acompanhar o seu peludo todos os dias! Para os tutores que buscam um lugar cheio de energia,