Os pets mais amigáveis para quem tem criança em casa

Os pets mais amigáveis para quem tem criança em casa

A interação entre crianças e pets é benéfica para o desenvolvimento afetivo e educacional dos pequenos

Hoje é comemorado o dia das crianças e nós vamos falar sobre a relação entre os pets e os pequenos. Crianças que convivem com animais de estimação apresentam menores sinais de ansiedade, melhora da autoestima e do convívio em ambiente escolar com outras crianças.  

Ao contrário  do que se pensa, especialistas garantem que crianças que convivem com cães e gatos se tornam mais resistentes a problemas alérgicos como bronquite e asma. 

Na hora de escolher um pet, é preciso avaliar qual animal melhor de adapta a rotina da família, a personalidade da criança e ao espaço físico da casa. Cães e gatos são os mais requisitados, porém, existem opções como peixes, jabutis, hamsters e aves também são boas opções quando não se há muito espaço ou tempo para se dedicar a pets que requerem mais atenção. 

Cachorros

Os melhores amigos do homem costumam ser boas companhias para as crianças, dão a elas senso de responsabilidade, reduzem o sedentarismo e melhoram na socialização. O que deve ser levado em conta são características como tranquilidade, boa adaptação a ambientes movimentados e o temperamento dócil do animal. 

Dentre as raças mais indicadas pelos especialistas estão: 

  • O amado Vira-lata
  • Buldogue Inglês
  • Labrador
  • Golden Retriever
  • Pug
  • Shih Tzu
  • Poodle
  • Beagle

Gatos

Segundo a Dra. Allice Vigris, médica-veterinária da Petz, é importante levar em conta a personalidade do gato, no sentido de que as experiências precoces na vida do filhote são os principais determinantes. “Todavia, podemos levar em consideração raças que permitem maior manuseio e que são mais tolerantes ao contato constante”, diz.

Dentre as raças mais indicadas com estas características, ela cita: 

  • Abissínio
  • Birmanês
  • Maine Coon
  • Persa
  • Siamês

Demais Pets 

Peixes, jabutis, hamsters e aves são animais indicados para quem tem pouco espaço ou pouco tempo para se dedicar aos cuidados que um cão ou gato exigem em relação a passeios, brincadeiras e higiene do animal. 

No entanto, eles também são capazes de estimular a afetividades e o senso de responsabilidade das crianças, que podem se comprometer com a alimentação dos bichinhos e com a limpeza de seus espaços (aquário, caixas ou gaiolas). 

É importante lembrar aos pais e tutores que por mais dóceis que sejam os animais, é necessária a supervisão de adulto durante as interações deles com as crianças. Ensine aos seus filhos que os pets não são como brinquedos e que é necessário respeitar o espaço do animal.

O que você precisa saber antes de, enfim, levar um pet para casa? 

Agora que você já conhece os benefícios e os pets mais indicados para quem tem criança, é importante que você leve em consideração algumas questões antes de concretizar a ação de comprar ou adotar um animalzinho de estimação. Apesar do pet ser um presente para a sua criança, a responsabilidade ainda é sua. 

Tempo – quanto tempo você terá para se dedicar ao animal, especialmente no caso dos cães que necessitam ir à rua diariamente fazer suas necessidades, se exercitar e socializar com outros animais.

Espaço físico e segurança – o espaço que você possui é adequado ao porte do animal? É necessária a instalação de telas de proteção nas janelas? Também tenha em mente que a dinâmica da casa será alterada com a chegada do animal em relação a organização e limpeza.

DinheiroO gasto médio com cães no Brasil é de R$ 338,76, segundo o IPB. Esse custo varia conforme o tamanho do bicho. Cães pequenos (até 10 kg) custam R$ 266,18 ao mês; os médios (de 11 kg a 25 kg) consomem R$ 327,51, e os grandes (mais de 26 kg) geram gasto mensal de R$ 422,59. Com gatos, o custo mensal médio é de R$ 196,56, segundo o IPB. Peixes custam R$ 66,50 ao mês (a conta considera dez peixes em um aquário de 40 litros) e aves custam R$ 7,80 ao mês cada uma.

Leve em consideração emergências veterinárias, vacinas, vermífugos e outras despesas extraordinárias. Tenha uma reserva financeira para isso.

Adoção – Ao invés de comprar, considere adotar um animal. Existem milhares de cães e gatos abandonados. Ongs e voluntários resgatam esses animais, prestam os cuidados veterinários necessários para recuperar a saúde do animal e os encaminham para uma nova família. Quando você adota um pet, você está colaborando para a continuidade dessa rede do bem e levando para casa um serzinho que vai te amar incondicionalmente. 

Pet é família – Os animais domésticos, assim como nós, são seres com sentimentos e é preciso ter responsabilidade afetiva quando nos propomos a trazê-los para as nossas vidas. Cães e gatos vivem entre 10 e 20 anos, leve em consideração se você está preparado para cuidar dele durante esse tempo ou se é apenas um momento de empolgação com a ideia de aumentar a família. 

Logística de ir e vir

Transportar pets com segurança e conforto é a nossa razão de existir. Nós ficaremos muito felizes em participar desse momento tão especial, que é trazer um pet para ser o mais novo integrante da família. 

A PetDriver é o serviço de transporte de animais domésticos pioneiro no Brasil. Baixe o app e chame a PetDriver sempre que precisar se deslocar com o seu cão ou gato.

PetDriver – Viva junto de quem você mais ama! S2

Fontes: huffpostbrasil.com; farmina.com.br, estadao.com.br e petz.com.br

 

 

Deixar Seu Comentário

X