Transporte de filhotes na PetDriver, como funciona?

Motorista: Dicas de como transportar os pequeninos com segurança.

Não há dúvidas que somos especialistas no transporte de animais domésticos, do pequeno ao grandão, todos os cuidados necessários são tomados para que o pet chegue do ponto A ao ponto B seguro e feliz. Mas o que fazer se o pet é filhotinho ou tamanho mini? 

Não precisa ter medo, com essas dicas você conseguirá transportar tranquilamente os peludinhos sem crise! Acompanhe.

Anota aí

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, é proibido transportar animais soltos no interior do veículo, levando a uma infração grave e o motorista pode ser multado em R$ 195,23 e ter cinco pontos na CNH. 

Então, qual a melhor forma de transportar filhotes, se o peitoral e cinto de segurança ainda não são o ideal para eles? A resposta é: A caixa de transporte.

Seja filhote ou tamanho mini, é imprescindível que o pequenino seja transportado da forma mais segura possível, e com o pet na caixa de transporte preso à fivela de segurança no banco, é o melhor meio de garantir uma viagem sem sustos.

Começando pelos tutores

Antes de colocar o filhote dentro da caixa de transporte para uma viagem de carro, é importante entender que para o filhote, é um mundo totalmente desconhecido, então, antes de mais nada, o pequeno precisa passar pelo processo de ambientação da caixa de transporte.

É normal eles reagirem de forma negativa, no entanto, como não dá pra evitar o uso da caixa, a melhor opção é ensinar o animal a se acostumar com ela. Primeiro, ele precisa entender que a caixa é um ambiente positivo. Deixe-a pela casa, para que a presença da caixa seja comum e diário, pode também, colocar brinquedos e petiscos lá dentro, para que ele associe sempre a coisas boas.

O mais importante: Não force a sua entrada! Terá o efeito totalmente contrário.

É imprescindível que as principais vacinas estejam em dia! Mesmo os veículos sendo limpos e higienizados em cada corrida, é preciso que esse cuidado seja garantido pelo bem do próprio animalzinho.

Cuidados durante a corrida

Chegou um filhotinho para transportar? É fundamental que o tutor entregue o filhote já na caixa de transporte que ele está habituado, assim, as chances de o filhote não estranhar o ambiente é muito menor. 

Se em caso uma corrida para o pet desacompanhado, o tutor não tiver a caixa de transporte e você também, por ventura, não tiver uma, comunique ao tutor que a viagem não poderá prosseguir pois infringe as regras de transporte de animais.

Se o tutor solicitar a corrida e acompanhar seu filhote, é necessário, no mínimo, uma bolsa de transporte apropriada para garantir a integridade do animal. Levar ele no colo ainda pode colocar em risco a integridade do pet em caso de colisão ou freada brusca, por exemplo.

Se eles chorarem e latirem muito, fique calmo, é extremamente comum, visto que é um ambiente completamente novo.

A PetDriver é aliada na jornada de vida com peludos desde pequeninos, e cabe a cada motorista parceiro, saber as melhores tratativas para cada situação! Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a nossa equipe pelos nossos canais de comunicação e redes sociais para maiores informações.

PetDriver – Juntos vamos mais longe. S2

Faça a primeira avaliação!
Aguarde...

Veja mais postagens relacionadas

Promocional

CNH com EAR, como adquirir?

O que você precisa saber sobre a CNH para motoristas de app Todo motorista de aplicativo que busca novas fontes de renda ou está pensando