Como levar o seu gato para uma viagem de carro?

Como levar o seu gato para uma viagem de carro?

Conheça os cuidados necessários para se deslocar com o seu felino com segurança e conforto

Viajar de carro com um felino pode ser motivo de preocupação para os seus tutores, tendo em vista que os bichanos são animais territorialistas e podem ficar estressados com algum tipo de mudança repentina relacionada ao seu espaço físico. 

Para transportar um gato ou qualquer outro pet em veículos, é importante que seus tutores tenham conhecimento de que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) regulamenta o transporte de animais em veículos. O descumprimento das normas estabelecidas implica de infração leve a gravíssima. Sujeita a multas e perda de pontos na carteira.

Aqui na PetDriver nós seguimos todas as normas do CTB para que você e o seu filho de 4 patas tenham a melhor experiência com o nosso serviço. Além disso, adotamos protocolos extras, elaborado por especialistas, para que a viagem do seu gato transcorra com segurança. 

Agora, vamos a algumas dicas práticas para que o transporte do seu bichano transcorra com segurança e o máximo de conforto possível para ele: 

1 – Use sempre a caixa de transporte para alojar o gato dentro do carro. Transportar o animal fora dela é irregular e perigoso, pois pode tirar a atenção do motorista ao volante.


2 – Tenha uma caixa de transporte eficiente com um bom sistema de fechamento para evitar fugas, evite caixas que possuem os lados com tecido furadinho. É importante que a caixa tenha um tamanho adequado para que ele possa se acomodar confortavelmente. Prenda a caixa no cinto de segurança do veículo com firmeza.  


3 – Acostume o gato a entrar na caixa de transporte o mais breve possível. Coloque alguns panos e brinquedos que ele gosta dentro, para que o espaço fique mais acolhedor para ele. 


4 -Borrife feromônios sintéticos dentro da caixa 15 minutos antes de alojar o animal, isso ajuda a minimizar o estresse do gato durante o transporte. 


5 – Devido ao estresse, alguns animais podem urinar ou evacuar dentro da caixa de transporte. Compre fraldas de chão à venda em pet shops para o caso de alguma necessidade. 


6 – Deixe para colocar o gato na caixa quando estiver prestes a sair de casa com ele, evite passar tempo excessivo ou desnecessário com o animal preso. Custa nada, vai? 


7 – Leve a alimentação dele e quaisquer outros itens de uso regular para que ele se sinta à vontade no local para onde está sendo levado. Medicamentos e sedativos só devem ser usados se prescritos por um veterinário. Inclusive, vale levar o animal a uma consulta antes para avaliar se ele esta apto a viajar.  


8 – Mantenha o ar condicionado do carro ligado para melhor conforto do animal dentro do veículo. 


9 – Nunca deixe o gato sozinho dentro do carro. Nem por 1 minuto! 


10 – Em longas viagens faça algumas paradas e com extremo cuidado e com uso de guias, retire o gato da caixa para que ela possa se esticar um pouco. Esteja com o carro todo fechado e com o ar condicionado ligado, para não correr o risco do animal fugir. 

Dica Bônus: prepare uma identificação para o bichano com os seus dados para contado no caso de uma emergência. Incidentes podem acontecer.  

Aqui na PetDriver nós somos apaixonados por gatos e já publicamos diversos artigos sobre saúde e bem-estar dos bichanos. Veja a seguir alguns temas que podem ser do seu interesse: 

Aprenda a cortar a unha do seu gato em casa corretamente

Como identificar se o meu gato está doente?

7 dicas para cuidar melhor do seu gato

A PetDriver é o serviço de transporte de animais domésticos pioneiro no Brasil. Baixe o app e chame a PetDriver sempre que precisar se deslocar com o seu cão ou gato.

PetDriver – Junto de quem você mais ama! S2

Fonte: Petz, Cachorrogato, Petiko.

Deixar Seu Comentário

X